Homem morre de infarto ao descobrir que escapou da pena de morte

Por Chico Sabe Tudo 26/02/2022

Um homem de 55 anos foi preso por um assassinato que cometeu há 18 anos atrás. Contudo, a pena dele foi reduzida e ele não seria mais condenado à morte. Quando recebeu a notícia de que não receberia a pena de morte ele infartou e morreu.

De acordo com o Daily Mail, o homem identificado como Akbar, de origem iraniana, foi preso junto com outras quatro pessoas por assassinato premeditado. Akbar e um cúmplice identificado como Davood foram condenados.  Davood recebeu a pena de morte e foi executado recentemente.

Na época do crime, Akbar tinha 37 anos e desde então passou a vida na cadeia esperando receber a pena de morte. A espera causou certo estresse, o que resultou em várias doenças diferentes, deixando-o debilitado.

Os relatórios iranianos afirmaram que ele ficava nervoso toda vez que ouvia uma voz o alto-falante na prisão, pois achava que poderia ser alguém anunciado que seria a vez dele ser executado.

O homem ficou livre da pena de morte após a família da vítima conceder perdão pelo assassinato. No entanto, Akbar morreu antes de ser libertado. Ele ficou feliz por ter sido perdoado e não ter que enfrentar a pena de morte, e devido as fortes emoções, sofreu uma parada cardíaca. Akbar chegou a ser atendido, mas morreu uma hora depois de chegar ao hospital.

No irã, uma série de crimes são puníveis com pena de morte, incluindo assassinato, estupro, abuso infantil, homossexualidade, tráfico de drogas, assalto à mão armada, relações sexuais proibidas e conspiração para derrubar o regime islâmico. Em 2021, o país executou 365 prisioneiros.

Sobre nós

Falar um pouco sobre o Chico

Ultimos posts

Copyright © 2022 Portal ChicoSabeTudo. Todos os direitos reservados.