Após se assumir gay, homem é esfaqueado até a morte pelo próprio irmão

Idamar Lima Pereira, de 36 anos, foi esfaqueado até a morte pelo próprio irmão na madrugada desta terça-feira (11), no interior do Ceará. Um familiar da vítima informou que o suspeito tinha desavença com o irmão porque Idamar se assumiu homossexual. Segundo ele, o suspeito seria usuário de drogas e teria problemas psicológicos.

A vítima foi encontrada ensanguentada e sem vida por vigilantes de um posto de saúde. Segundo a Polícia Militar, havia duas perfurações em seu corpo, provocadas por arma branca.

Por meio de nota, a Secretaria da Segurança Pública informou que a Delegacia Regional de Iguatu investiga o caso para capturar o suspeito, que já foi identificado. A pasta informou que deverá esclarecer a motivação dos fatos.

Idamar atuava como fotógrafo de eventos sociais e fazia ensaios de gestantes e de debutantes. Nas redes sociais, amigos lamentaram o assassinato do fotógrafo e disseram que ele era uma pessoa alegre e positiva.

Comentários