Engenheiro usava “quarto da Disney” para estuprar crianças no RJ

Frank Hoffmann, um engenheiro de 63 anos, foi preso por estupro de vulnerável na manhã desta quarta-feira (24), em Niterói, no Rio de Janeiro. Ele foi denunciado por abusar sexualmente das duas vítimas no chamado “quarto da Disney”.

Agentes da Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV) prenderam o engenheiro na casa onde ele usava para cometer os estupros. Segundo a polícia, o ambiente, todo decorado com os personagens do parque americano, era usado para atrair crianças para serem abusadas. 

A prisão do acusado foi decretada após ele confessar que mantinha uma relações há um ano com um adolescente de 14 anos de idade. Os policiais cumpriram ainda mandado de busca e apreensão e recolheram dezenas de brinquedos e jogos, usados para presentear possíveis vítimas. 

Hoffmann alegou que “seria apaixonado pelo menor e os atos seriam consensuais, bem como teriam ocorrido nas diversas viagens feitas no exterior”.

A polícia, agora, vai periciar os jogos eletrônicos e outros itens apreendidos no quarto da Disney em busca de mais provas dos abusos e da identificação de outras vítimas.

Os brinquedos apreendidos, terão como destino a brinquedoteca da unidade policial, após autorização judicial e os exames dos peritos.

Comentários