Preso por matar, esquartejar e beber sangue de vítima nega ter cometido crime

Por Chico Sabe Tudo 10/10/2021

O homem preso acusado de matar, mutilar, carbonizar e depois beber o sangue de uma pessoa em um terreno baldio de Samambaia Norte, no Distrito Federal, negou ter cometido o crime à polícia. As informações são da coluna Grande Angular.

A operação, coordenada pelo delegado-chefe Rodrigo Carbone, encontrou evidências de que Antônio Carlos Pires de Lima foi assassinado em um suposto ‘ritual macabro’.

No local do crime, foram identificados desenhos de um demônio na parede, junto a símbolos, como o número 666 (visto como o ‘número da besta’ por alguns religiosos), além de um cartaz de uma série de terror.

O suspeito, que não teve a identidade revelada, foi detido nessa sexta-feira (8). De acordo com os policiais, o assassinato teria sido cometido com uma tesoura, na última segunda-feira (4).

Ainda, segundo as investigações, o acusado teria usado uma capa preta e vermelha, e uma cartola para cometer o crime. A identificação do suspeito ocorreu no âmbito da Operação Macabro.

O suspeito foi identificado pelos agentes por meio dos trajes utilizados, vistos no momento em que analisaram as imagens das câmeras de segurança. Na gravação, o homem passa usando uma capa, logo após esquartejar e carbonizar o corpo da vítima.

Além disso, também foram localizados os restos mortais do assassinado: um fragmento da coluna vertebral e o fêmur carbonizados.

O indiciado será apresentado à audiência de custódia.

Sobre nós

Falar um pouco sobre o Chico

Ultimos posts

Copyright © 2022 Portal ChicoSabeTudo. Todos os direitos reservados.