Mulher é mantida em cárcere privado, apanha e é proibida de dormir por um mês 

Por Chico Sabe Tudo 05/10/2021

Uma mulher e as duas filhas, de 2 e 4 anos, foram resgatadas após serem mantidas em cárcere privado, por 30 dias, na cidade de Nova Serrana, em Minas Gerais. Além de ser agredida, a mulher era proibida de dormir.

Segundo informações, a mulher estava mantida em cárcere privado por cerca de um mês. Ela conseguiu colocar um bilhete dentro do bolso de uma amiga, em um dos poucos contados que teve com pessoas externas ao imóvel. No bilhete, a vítima denunciou as agressões e o cárcere. Ao ler o pedido de socorro, a colega acionou a Polícia Militar.

Ao chegar no local, policiais ouviram gritos de uma mulher. Os agentes arrombaram o portão da casa e flagraram o suspeito torcendo o braço da vítima. Ao notar a presença dos policiais, o suspeito tentou fugir e resistiu à prisão, chegando a agredir os agentes. O homem foi contido e levado para delegacia.

Aos policiais, a mulher relatou que além de ser agredida, era proibida de dormir. Segundo a vítima, o agressor, de 20 anos, dizia que se ela dormisse, ele a mataria.

Mãe e filhas foram levadas para uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA), onde receberam atendimento médico. O suspeito foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil.

Sobre nós

Falar um pouco sobre o Chico

Ultimos posts

Copyright © 2022 Portal ChicoSabeTudo. Todos os direitos reservados.