Jovem esfaqueia sogros após namorada dizer que era estuprada pelo padrasto

Faca utilizada no crime (Foto: Divulgação)

Um casal foi internado em estado grave num hispital de Peruíbe, litoral de São Paulo, após ser esfaqueado pelo genro. O estudante de 20 anos confessou o crime a polícia, alegando que cometeu o ataque porque a namorada dizia que era abusada pelo padrasto, informa o G1.

Uma mulher de 56 anos e um homem de 54 já foram encontrados gravemente feridos pelos policiais militares. A guarnição solicitou atendimento do Serviço de Atendimento de Urgência (Samu) para socorrer o casal.

A mulher tinha um corte de faca no pescoço, enquanto o marido foi golpeado várias vezes na cabeça, o que lhe causou traumatismo craniano. No local, ela confirmou que foi atacada pelo genro, que tem uma união estável com a filha dela de 16 anos.

A adolescente apresentou sua versão aos policiais. De acordo com ela, os dois estavam em uma festa, quando o rapaz teria ingerido bebida alcoólica e ficado agressivo. A menina foi embora para o apartamento deles junto com o filho do casal.

O estudante foi preso pela suspeita de tentativa de homicídio e não apresentou resistência. Na delegacia, ele alegou que o motivo foi o fato do homem de 54 anos, padrasto da esposa dele, ter abusado dela mais de uma vez. Ele ainda disse que a menina chegou a contar para a mãe, que não teria acreditado nela.

O caso ainda será investigado pela Polícia Civil e a adolescente será ouvida por meio de um depoimento especial. A mãe e o padrasto da adolescente não foram ouvidos por estarem internados.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × um =