Mulher frita o pênis do marido em uma frigideira após matá-lo no Rio de Janeiro 

Uma mulher de 33 anos, identificada como Dayana Cristina Rodrigues Machado, foi presa na última segunda-feira (07) acusada de matar o marido a facadas, decepar o órgão genital e, em seguida, o fritar em uma frigideira. O caso foi registrado na cidade de São Gonçalo, no Rio de Janeiro – RJ.

De acordo com o site Uol, os policiais foram chamados até a casa do casal, onde encontraram o homem morto, nu e mutilado. Ele foi identificado apenas como André.

Segundo as investigações, o casal ficou junto por 10 anos e se separaram em 2019. No entanto, encontros entre os dois ainda ocorriam rotineiramente. Eles eram pais de dois filhos.

Noite do crime 

Ainda segundo informações, na noite do crime, o ex-casal foi até uma lanchonete, onde tiveram uma discussão. Na ocasião, André ficou raivoso e agrediu um filho do casal.

“A discussão continuou quando chegaram em casa e ele novamente, a ameaçou. Em um momento de descontrole, forte emoção e com medo de que ele atentasse contra a vida dela após diversas ameaças, ela acabou o matando”, afirmou a advogada Carla Policarpo.

A família e a advogada de Dayana, afirmam que ela sofria agressões físicas e psicológicas por parte do ex-marido, e já havia denunciado ele à polícia. A defesa ainda diz que ela se arrependeu do crime.

O caso segue em investigação pela Polícia Civil do Rio de Janeiro. 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − seis =