Miliciano envolvido na morte de contraventor do RJ é preso na Bahia

Preso/ Ilustração

Um miliciano envolvido na morte do contraventor Fernando Iggnácio de Miranda, no Rio de Janeiro, no dia 10 de novembro de 2020, foi capturado na tarde de terça-feira (12), durante ação conjunta das polícias Civil e Militar da Bahia e do RJ. O criminoso estava escondido em uma pousada, na cidade baiana de Canavieiras, na região Sul do estado.

Através de ações de inteligência e de uma ligação anônima para o Centro Integrado de Comunicações (Cicom), equipes da 6ª (Itabuna) e 7ª (Ilhéus) Coordenadorias Regionais de Polícia do Interior (Coorpins) e da 71ª CIPM localizaram o foragido da Justiça. Um outro homem encontrado com o miliciano também foi detido.

A dupla foi encaminhada para a sede da 7ª Coorpin, na cidade de Ilhéus, onde a identificação humana do miliciano foi efetuada e o mandado de prisão cumprido. Após exames, no Departamento de Polícia Técnica (DPT), o miliciano ficará à disposição da polícia carioca.

“Trabalhamos em parceria com as forças de segurança dos outros estados, visando sempre o combate ao crime organizado. As equipes de Ilhéus e Itabuna, com apoio da PM, vão apurar se o miliciano só se escondia, na Bahia, ou se praticava algum tipo de crime”, informou o diretor do Departamento de Polícia do Interior (Depin), delegado Flávio Góis.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 − 6 =