Idosa de 64 anos é morta a tiros no norte da BA; polícia suspeita que crime foi cometido por ex-genro

Companheiro da vítima foi baleado e levado para o Hospital Regional de Irecê — Créditos: Divulgação

Uma idosa de 64 anos foi morta a tiros e o companheiro dela foi baleado, na cidade de Xique-Xique, no norte da Bahia. Conforme o delegado Alex de Souza Rosa, a suspeita é de que o crime tenha sido cometido pelo ex-genro da vítima, que está foragido.

O caso aconteceu na tarde de terça-feira (22), dentro da casa onde a vítima morava, na Fazenda Carnaúba, zona rural do município. Segundo informações do delegado, a suspeita é de que Antônio Rodrigues Lima, conhecido como Tonho Agiota, tenha matado Clarice Pereira de Souza por vingança.

Ainda segundo Alex de Rosa, a filha de Clarice Souza estava na delegacia na hora que o suspeito cometeu o crime. O companheiro da mãe dela foi baleado no pescoço e está internado no Hospital Regional de Irecê. O estado de saúde dele, segundo o delegado, é estável.

De acordo com o delegado, o suspeito estaria inconformado com o fim do relacionamento com a filha de Clarice Souza, que aconteceu há três anos. Ele também teria tentado tirar o nome do filho, que ele tem com a esposa, de 7 anos, de alguns imóveis que eram dele.

Ao G1, o delegado Alex de Souza Rosa contou que a ex-esposa de Antônio Lima não concordava com a ideia dele tirar o nome do filho dos imóveis. Então, ele decidiu se vingar, matando a mãe dela, “para que ela sempre lembrasse dele”.

O delegado informou que Antônio Lima fugiu logo após o crime e é procurado pela polícia. O suspeito já respondia a dois inquéritos por violência contra mulher. A ex-esposa dele também estava sobre medida protetiva.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − dois =