Fraudes no auxílio emergencial: Polícia Federal cumpre mandados de prisão na Bahia

Polícia Federal -Créditos: Divulgação

A Polícia Federal realiza nesta segunda-feira (9) uma operação contra suspeitos de fraudar o auxílio emergencial. Cerca de 60 policiais cumprem quatro mandados de prisão temporária e sete mandados de busca no município de Simões Filho, região metropolitana de Salvador – BA. A decisões foram expedidas pela 17ª Vara Criminal da Justiça Federal.

Além da Bahia, a operação ocorre também em São Paulo e Tocantins. Para combater as fraudes, a PF implantou uma unidade especializada para receber os dados das Instituições integrantes da Estratégia Integrada para identificar a atuação de grupos criminosos e as fraudes entre os aproximados 60 milhões de pedidos deferidos do auxílio.

A investigação aponta que, em apenas uma semana, a quadrilha cadastrou pelo menos 59 contas de forma fraudulenta, resultando num desvio de cerca de R$ 33 mil. A expectativa é de que a fraude seja muito maior, visto que foi analisado apenas um curto período e também a partir da contestação das vítimas junto à Caixa.

A Operação Primeira Parcela é resultado da Estratégia Integrada contra as Fraudes ao Auxílio Emergencial (EIAFAE), da qual participam a Polícia Federal, o Ministério Público Federal (MPF) o Ministério da Cidadania (MCid), a CAIXA, a Receita Federal (RF), a Controladoria-Geral da União (CGU) e o Tribunal de Contas da União (TCU).

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco + dez =