Após denúncias, policiais encontram indícios de adulteração em combustíveis vendidos em postos do norte da Bahia

Operação Carbono -Créditos: PRF BA

Amostras de combustíveis vendidos em três postos da cidade de Morro do Chapéu, no norte da Bahia, foram coletadas durante uma operação de combate a adulteração de combustível, na quarta-feira (21), segundo informações da Polícia Rodoviária Federal.

A ação foi feita pela PRF, Polícias Civil e Militar, Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) e Agência Nacional de Petróleo (ANP), após denúncias de clientes tiveram problemas mecânicos nos carros depois de abastecerem nos estabelecimentos.

Segundo a PRF, uma viatura da polícia civil, além do carro de um delegado e de escrivão da Polícia Civil na cidade também apresentaram problemas, como perda da capacidade de arranque e falhas de ignição, após serem abastecidos nos postos com suspeita de adulteração nos combustíveis.

Ninguém foi preso na operação e os estabelecimentos continuam funcionando. No entanto, foram detectadas pela ANP irregularidades administrativas, que geraram multas que chegam a até R$ 35 mil aos donos dos estabelecimentos.

De acordo com a PRF, foram coletadas amostras de gasolina e etanol que serão analisadas em laboratório para verificar se o combustível atende aos padrões exigidos pela ANP.

Um inquérito policial foi aberto e as investigações continuam.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 − oito =