Paulo Afonso: Diretor nega que detento tenha sido baleado dentro de presídio com arma de fogo

Presídio crédito: SEAP

Nesta semana, uma mulher que se identifica como irmã de um detento gravou um vídeo que depois circulou nas redes sociais denunciando que seu irmão havia sido baleado com tiro de arma de fogo dentro do Complexo Penal de Paulo Afonso. O diretor da unidade contesta essa informação e diz que o tiro foi de bala de borracha.

Durante uma entrevista para uma rádio local, o diretor da unidade, Alexandro Silva, explicou que policiais penais estavam realizando revistas nas celas, procedimento padrão para localizar a presença de ilícitos na unidade prisional, quando alguns detentos tentaram impedir a ação dos policiais, desacatando as ordens e resistindo a ação.

Ainda conforme o diretor houve a necessidade do uso de um tiro de borracha e um preso foi atingido na perna, pois os detentos tentaram impedir a entrada dos agentes nas celas.

O diretor informou ainda que o caso foi registrado na delegacia de polícia e o preso passou por exame de corpo de delito, procedimento necessário nestes casos.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 2 =

Veja também