Caminhoneiro apresenta AET adulterada e acaba detido na BR- 110 em Paulo Afonso

Na manhã desta sexta-feira, 24 de julho, policiais rodoviários federais flagraram uma carga de polietileno sendo transportado de forma irregular na BR 110, trecho do município baiano de Paulo Afonso.

Durante operação de fiscalização, agentes da PRF abordaram uma carreta Iveco/Stralis, atrelada a dois semi-reboques. Durante os procedimentos de vistoria, os PRFs constataram que a combinação veicular de 09 eixos e 30 metros de comprimento não possuía a documentação de autorização (AET) válida.

O motorista de 60 anos que é natural de Itapirapua (GO) apresentou aos policiais um documento que após consulta ao sistema, verificou que a AET remetia a outro veículo, caracterizando o uso de documento falso.

Além de configurado o crime do art. 304 do Código Penal, ele foi autuado com base no inciso IV do artigo 231 do Código de Trânsito Brasileiro (Transitar com veículo e/ou carga com dimensões superiores ao limite legal sem autorização), além das autuações específicas de fiscalização serviços de escolta.

A carga e o veículo ficarão retidos no pátio credenciado da PRF até que seja regularizada a autorização para o transporte.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze − 3 =