Acusado de assassinato ocorrido há 17 anos em Delmiro Gouveia é capturado em Minas Gerais

Givaldo Pedro dos Santos, 72, é apontado como autor do assassinato a facadas de Pedro Lourenço da Silva, conhecido como “Pedro Curador”, ocorrido no dia 13 de março de 2003

Um homem acusado de homicídio em Delmiro Gouveia foi capturado pela polícia nesta quinta-feira (25), em Belo Horizonte, em Minas Gerais. Givaldo Pedro dos Santos, 72, é apontado como autor do assassinato a facadas de Pedro Lourenço da Silva, conhecido como “Pedro Curador”, ocorrido no dia 13 de março de 2003.

Givaldo tinha um mandado de prisão preventiva em aberto há 17 anos por homicídio qualificado. Ele foi capturado através de um trabalho de inteligência conjunto entre as polícias Civil de Alagoas e de Minas Gerais, e será recambiado para Alagoas, onde ficará recluso à disposição da Justiça.

“Após troca de informações entre a chefia de Inteligência do Alto Sertão, da Polícia Civil de Alagoas, com a Delegacia Especializada Antissequestro, da Polícia Civil de Minas Gerais, o acusado foi localizado e preso”, informou o delegado Daniel Mayer, titular da Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP), sediada em Delmiro Gouveia.

Com apoio do delegado-geral da PC/AL, Paulo Cerqueira, os trabalhos que resultaram na captura de Givaldo foram coordenados pelos delegados Daniel Mayer (1ª-DRP) e Carlos Reis, da Gerência de Polícia Judiciária da Região (GPJ-4), além do chefe de inteligência da 1ª-DRP, agente Cyro Jorge.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze − nove =