Polícia fecha casa de prostituição em Jeremoabo após denúncia

A Polícia Civil fechou, na noite desta quinta-feira (17), por volta das 21 horas, uma casa que estaria funcionando como ponto de prostituição, no centro de Jeremoabo-BA. Um homem responsável pelo estabelecimento foi preso. Duas menores de 17 anos foram encontradas sendo exploradas sexualmente.

Policiais civis sob o comando do DPC Ailton foram até o local depois que receberam várias denúncias anônimas informando que no estabelecimento Night Clube bar, situado na Rua Aracaju, funcionava um ponto de prostituição.

No local, a polícia encontrou Edvalberto Santos Correia, apontado como a responsável pelo prostíbulo e por coordenar o trabalho de três mulheres, sendo duas menores de 17 anos que também estavam na casa. Ele foi preso em flagrante pela equipe  sob acusação de favorecimento à prostituição. Havia vários clientes no local.

Os policiais ainda apreenderam nos quartos usados para os programas, 91 preservativos masculinos, 11 preservativos femininos, e vasto material como panfletos e cartões de visitas associados à exploração sexual e divulgação do espaço, inclusive com os números telefônicos do proprietário.

Todas pessoas que estavam no local foram conduzidas à delegacia, onde foram ouvidas e liberadas. O proprietário do Night Clube Bar,  porém, foi autuado nos crimes de favorecimento da prostituição e casa de prostituição, sendo, em seguida, encaminhado ao Presídio de Paulo Afonso. As duas garotas foram encaminhadas ao Ministério Público.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 − 6 =

Veja também