Brasil: Menina de 11 anos é internada após ser envenenada por ‘amiga’ de 13

Uma menina de 11 anos, identificada como J.C.A.S. está internada em estado grave no Pronto-Socorro de Cuiabá, após ter ingerido substância, que continha soda cáustica e limpa alumínio, que teria sido oferecida como se fosse vinho, por uma colega de sala de aula, da vítima, que tem 13 anos.

O crime aconteceu no último dia (27), no bairro Alice Novacki, em Cuiabá. No entanto, de acordo com as informações, tudo começou  quando a garota teria visto a vítima conversando com um menino que ela pretendia namorar.

Ao ver os dois conversando, a garota teria ficado com ciúme e chamou seu primo, também menor de idade, para fazer uma solução venenosa.

Para ter o apoio do primo, a menor argumentou dizendo que o produto químico seria usado para matar um cachorro que havia a mordido recentemente.

Com o líquido venenoso, a acusada teria saído da escola junto com a vítima, com quem seguiu em um ônibus coletivo. Ao descer com a vítima em determinado ponto, a acusada teria oferecido o líquido, alegando que seria vinho.

Momentos depois de ingerir a bebida, a estudante estava em casa com a mãe e começou a passar mal. Imediatamente ela foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento Médico (UPA) do bairro Pascoal Ramos e de lá ela foi transferida para o Pronto-Socorro de Cuiabá (PSMC).

De acordo com o boletim médico da unidade de saúde, a vítima está se alimentando por sonda e teve parte dos órgãos prejudicados pela bebida venenosa. O estado de saúde de J.C.M., é considerado grave.

A acusada fugiu do local e até o momento não foi encontrada pela polícia para prestar depoimento. O primo da menor prestou depoimento e confirmou o crime.

Após o fato, a mãe da menina envenenada registrou boletim de ocorrência na Central de Flagrantes em Cuiabá.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × três =

Veja também