Brasil: “Abusou de mim”: menina de 10 anos manda bilhete para policial e denuncia pai e bisavô

Uma menina de 10 anos foi internada no Hospital Pequeno Príncipe (foto) na última terça-feira (12), em Curitiba, no Paraná, após relatar à polícia que era abusada sexualmente pelo pai, de 43 anos, e pelo bisavô, de 81 anos, em Pinhais. De acordo com o conselheiro tutelar Marcio Staes, na noite do último sábado (9), a criança entregou um bilhete para um policial militar contando sobre o abuso. Os pais da menina foram detidos pela PM (Polícia Militar) na quarta-feira (13) e o bisavô na quinta-feira (14).

Segundo a PM, a menina falou do caso no bilhete. Na carta, estava escrito “abusou de mim”. O agente que recebeu a denúncia entrou em contato com o Conselho Tutelar na noite de sábado e disse conhecer a garota da igreja que frequenta. O policial falou com a menina e ela aceitou gravar um vídeo relatando detalhes do abuso.

Na gravação a menina teria dito que a mãe, de 30 anos, sabia de tudo e que a irmã, de oito anos, também havia sido violentada. O vídeo foi entregue para o Conselho Tutelar do município e a Guarda Municipal foi acionada. Além da menina de 10 anos, o casal tem outros três filhos — um menino de cinco anos e duas meninas de oito e um ano e dois meses.

Para que os suspeitos sejam presos, é preciso que laudos confirmem os abusos. A garota foi levada a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Pinhais e encaminhada ao Hospital Pequeno Príncipe, na capital. Na tarde de quinta-feira, a garota teve alta, segundo o hospital.

 A Polícia Civil informou, por meio de nota, que o pai não ficou preso na noite de sábado porque naquele momento não existia flagrante e nenhum procedimento na delegacia com relação ao caso. A polícia reforçou ainda que não há como prender sem provas ou realizar qualquer encarceramento sem medida judicial.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 5 =