Detento é esfaqueado dentro da delegacia de Delmiro Gouveia e polícia realiza revista no interior das celas

Um detento identificado como Jaime Silva dos Santos foi perfurado, na tarde desta sexta-feira (11), por volta das 17h, durante banho de sol na Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP), sediada na cidade de Delmiro Gouveia. Os presos José Uênio da Silva, Romário Correia Sabino, José Paulo Silva dos Santos e Edilson da Silva Nascimento foram apontados como autores do atentado.
 
Jaime Silva, 34, foi ferido com um golpe de espeto, ao tentar defender o colega de cela Cicero Miguel dos Santos, 24, preso nesta quinta-feira (10), acusado de estuprar uma menina de sete anos de idade, no município de Mata Grande.  José Uênio, Romário, José Paulo e Edilson iriam espancar o estuprador matagrandense, mas Jaime interviu, o defendendo.
 
Segundo o delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti, titular da 1ª-DRP, três detentos seguraram Jaime, enquanto outro desferiu o golpe de espeto que o atingiu na região torácica. “Ao ouvir o grito do preso, fomos até o setor carcerário e conseguimos evitar que ele fosse morto, depois o levamos para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade”, disse.
 
Ainda de acordo com o delegado, o detento, que está recluso por homicídio e tráfico de drogas, teve o pulmão perfurado e precisou ser levado para a Unidade de Emergência do Agreste (UEA), em Arapiraca. O estado de saúde dele seria considerado grave.
 
Os presos responsáveis pelo atentado foram autuados em flagrante delito por tentativa de homicídio. As gentes policiais civis, com apoio de equipes do Pelotão de Operações Especiais (Pelopes) e da Guarda Municipal, realizaram uma vistoria no setor carcerário e apreenderam um aparelho de telefone celular e um espeto.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × cinco =

Veja também