Com medo, FASETE, UNEB e Caixa Econômica fecham as portas em Paulo Afonso

Lojas parcialmente fechadas, escolas paradas, comerciantes com medo e até agências bancárias fechadas.

Isso tudo, por conta de pequenos arrastões e roubos realizados por criminosos, após o anúncio da greve da Polícia Militar na cidade de Paulo Afonso.

Foto:genteemercado.com.b

Nesta quinta-feira (09), devido ao clima de insegurança instalado na cidade, algumas lojas do comércio da Avenida Getúlio Vargas fecharam as portas mais cedo para evitar roubos. Algumas delas foram invadidas.

As entidades de ensino superior UNEB, Campus VIII e FASETE suspenderam as atividades e não informaram quando as aulas retornarão. As escolas municipais só funcionam na próxima segunda-feira(13). E a gerência da Caixa Econômica informa que só abrirá após o fim da greve da PM.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − dez =

Veja também