Mestre de capoeira acusado de atear fogo em companheira é preso – Fotos

O mestre de capoeira acusado de provocar a morte de sua companheira após atear fogo em seu corpo no bairro do Pau Miúdo, na madrugada do último domingo, foi preso no início da tarde desta terça-feira (27/12), de acordo com informações da 6ª Delegacia Territorial (Brotas).

Segundo a delegada Maria Dhail, que cumpriu um novo mandado de prisão, Roberto de Jesus dos Anjos, 49 anos, conhecido como Mestre King-Kong, foi encontrado após denúncias anônimas.

Crédito/foto:bocãonews

Ele havia sido preso e solto nesta segunda-feira (26), por determinação do juiz Cláudio Braga Pereira, que havia entendido que houve ilegalidade em sua prisão.

Também nesta segunda, Antônia Brito Souza, 45 anos, morreu vítima das queimaduras provocadas pelo capoeirista no Hospital Geral do Estado (HGE).

Em depoimento na 2ª Delegacia, onde esteve custodiado após cometer o crime, Roberto afirmou que o suposto sumiço de R$ 150 foi motivo suficiente para que ele ateasse fogo na mulher.

A mulher teve 70% do corpo queimado, após ter sido banhada com gasolina.

Na tentativa de socorrê-la, o filho do casal, Robenilson Souza dos Anjos, 23, sofreu queimaduras nos braços e pernas. Ele foi encaminhado para o HGE, onde permanece internado.

Crédito/foto:bocãonews- ele também ficou ferido

As chamas que tomavam o corpo de Antônia se espalharam por móveis, consumindo também toda a sala do imóvel. O fato aconteceu na casa onde o casal convivia há 30 anos, na Rua 3 de Novembro.

Segundo testemunhas, o mestre de capoeira pegou um galão de gasolina de dentro de um carro e depois usou fósforo para incendiar a vítima.

Roberto foi preso por uma guarnição da Polícia Militar após denúncias.

O acusado será transferido para o Departamento de Homicídios e de Proteção a Pessoa (DHPP).

Da Redação ChicoSabeTudo
Fonte: www.correio24horas.com.br

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × dois =

Veja também