Cabo da PM reage a assalto dentro de ônibus e morre em Alagoas – Fotos

Por Chico Sabe Tudo 17/04/2011

O cabo Givanildo Pascoal da Silva, policial militar lotado em Sergipe, foi morto em um coletivo que fazia a linha Porto Calvo/Maragogi, na noite deste sábado (16), após reagir a um assalto. Duas mulheres e um homem estão presos na delegacia Regional de Matriz do Camaragibe acusados de envolvimento no crime. Outro integrante do bando fugiu. Os acusados e réus confessos foram levados à Central de Polícia, em Maceió, para identificação porque estavam sem documentos. Nenhuma arma foi encontrada.

De acordo com policiais civis, o militar morto morava em Porto Calvo e viajava com a família para Maragogi. Nas proximidades do lixão de Japaratinga, o bando anunciou o assalto. O militar, que era cabo lotado na Polícia Militar de Sergipe, estava sentado no final do ônibus e reagiu atingindo dois dos criminosos de raspão. Os outros ‘abriram fogo’ contra o policial que morreu no local.

Rosilma (de rosa) e Tatiane estavam armadas com pistola e revólver (Foto: Dulce Melo)

Com ar de deboche, Rosilma assumiu portar a pistola. A Gazetaweb perguntou sobre a sensação de ter matado um pai de família na frente da esposa e dos filhos e ela respondeu. “Nenhuma. Agora façam o que tiver de fazer. Ninguém saiu para matar, a gente só queria assaltar e pegar dinheiro para pagar umas dívidas. E ele atirou e feriu eu e o meu marido”- disse a acusada. Segundo a polícia, ela teria matado o militar.

Tatiante falou sobre a sua conduta durante o assalto. “Eu estava com um revólver e na hora que saímos do ônibus ainda dei uns tiros para cima”. Ela fala com satisfação sobre a fuga do companheiro.

“Os policiais achavam que estava todo mundo junto e partiram para cima. Só que o Marcelo estava do lado e eles não viram. Passaram por ele e sequer desconfiaram. Aí ele correu e escapou” – relata. Tatiane tem um irmão preso por tráfico de drogas em Sergipe e um primo preso por homicídios, conforme seu depoimento. Ela e Rosilma estão grávidas.

Lucas, que é companheiro de Rosilma estava com revólver

O agente Edilson Ferreira, da Regional de Matriz, narrou a ação policial. “Foi uma ação conjunta com a Polícia Militar. Partimos para capturar os criminosos e prendemos os três em Japaratinga. O Marcelo, avistamos na Al cento e um, demos voz de prisão, mas ele efetuou disparos contra a polícia e fugiu” – afirma.

Ele disse que as mulheres correram com as armas e se desfizeram das mesmas antes da interceptação. Rosilma garante que deixou a pistola no ônibus. Após a identificação e o exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML), para onde foi levado o corpo do militar, os presos serão remanejados para Matriz do Camaragibe.

 

Da Redação ChicoSabeTudo
Fonte: Gazeta Web

Sobre nós

Falar um pouco sobre o Chico

Ultimos posts

Copyright © 2022 Portal ChicoSabeTudo. Todos os direitos reservados.