Acusados por envolvimento em atentado contra presidente do TRE-SE são mortos pela polícia no oeste baiano

Os três homens procurados por envolvimento no atentado contra o desembargador Luiz Antônio Araújo Mendonça em agosto de 2010, quando este ocupava a presidência do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Sergipe, foram mortos na manhã deste domingo (10), em uma ação policial ocorrida na BR-242, a 5km da cidade de Barreiras, no oeste da Bahia.

Após receber da polícia do Tocantins informações sobre a localização dos criminosos, o comando da Polícia Militar da Bahia em Barreiras, com o apoio da Polícia Rodoviária Federal, organizou um cerco por volta das 8h30 perto do posto da PRF da rodovia. Os suspeitos haviam fugido de uma das fazendas de Floro Calheiros no município de Gurupi, em Tocantins.

Os bandidos estavam em uma caminhonete Triton preta, de placa MWY 1560 (Gurupi-TO), quando perceberem a ação e tentaram fugir passando pelo bloqueio. Houve troca de tiros e os bandidos abandonaram o veículo e entraram em um matagal, na tentativa de escapar dos policiais.

A perseguição começou no estado do Tocantins depois que a polícia federal localizou Floro. No local, houve o primeiro tiroteio e um dos integrantes da quadrilha, identificado como Fábio Calheiros, foi preso após ser baleado no confronto.

Já os mortos foram Floro Calheiros Barbosa, Rafael Costa Borges e Lucas Calheiros Barbosa. Com os criminosos foram apreendidas duas pistolas, uma 9 mm e uma .380, 148 munições, 04 carregadores, e 850 reais, além de um binóculo.
Floro, o sobrinho Lucas e o filho Fábio estavam sendo monitorados pela Polícia Federal. Floro também era acusado pela morte do ex-deputado estadual da Bahia, Maurício Cotrim Guimarães, fato ocorrido em 2007. Ele era um dos criminosos mais procurados pela polícia de Sergipe.

Crime

O crime ocorreu na manhã de 18 de agosto de 2010, no bairro 13 de Julho, em Aracaju. O carro em que trafegava o presidente do TRE, desembargador Luiz Antônio Araújo Mendonça, foi alvo de tiros quando ele se dirigia pela avenida Beira Mar em direção ao Centro da cidade.

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE), desembargador Luiz Antônio Araújo Mendonça, trafegava pela Avenida Beira Mar, na Zona Sul de Aracaju, quando foi atingido a tiros por quatro homens que estavam parados em um semáforo. Mendonça já foi Secretário de Estado de Segurança Pública por duas vezes e promotor de Justiça do Estado.

O seu motorista e segurança, o cabo da PM, Jailton Pereira, foi gravemente ferido, enquanto o desembargador foi atingido de raspão. Jailton passou várias semanas na UTI e na semana passada recebeu alta.

Da Redação ChicoSabeTudo
Fonte: correiofeirense.com.br

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 + 13 =

Veja também