1ª Cia de Infantaria de Paulo Afonso envia militares para o Haiti

Por Chico Sabe Tudo 12/02/2011

A 1ª Companhia de Infantaria, unidade do Exército brasileiro sediada em Paulo Afonso realizou emotiva solenidade na Praça das Mangueiras quando apresentou os militares que partem em missão para o Haiti.

Estão sendo enviados o sargento França, os cabos Moraes e De Lima e os soldados Inadilson, Sá, Gidelson, Ferreira e Freitas.

A presença da tropa ali será para a realização de patrulhamentos, escolta de autoridades, de comboios, ajuda humanitária e ações cívicos sociais, atuando sempre como ação preventiva.

O Batalhão Haiti é composto por engenheiros, médicos, veterinários, farmacêuticos e profissionais especializados do corpo do Exército brasileiro, todos capacitados para a ajuda humanitária. Eles podem trabalhar na recuperação e construção de estradas, pontes e edificações danificadas tanto pela desestabilização social quanto pelas catástrofes, além de prestar atendimento médico.

Em 2 de dezembro de 2008, pela primeira vez, a Companhia representa o país em solo estrangeiro, integrando o 10º Contingente Brasileiro da Missão de Paz da ONU para Estabilização do Haiti (MINUSTAH).

O comandante disse ainda que “é um orgulho muito grande enviar militares pauloafonsinos para o Haiti.Eles foram selecionados por méritos pessoais e profissionais. Foram seis meses de preparação e eles estão altamente qualificados. Será para eles uma experiência profissional e de vida enriquecedora”, enfatizou o comandante.
O Brasil comanda a força militar da missão de paz da ONU no Haiti (Minustah) desde junho de 2004. O Conselho de Segurança da ONU autorizou o envio de força militar na missão de paz para garantir a estabilidade no país após a queda do ex-presidente Jean Bertrand Aristides, e atua nas ações de reconstrução do país arrasado pelo terremoto que matou milhares de haitianos e destruiu grande parte do país.

A solenidade de despedida dos militares do Exército de Paulo Afonso foi realizada na Praça das Mangueiras e contou com a presença do vice-prefeito Jugurta Nepomuceno, presidente da Câmara, Regivaldo Coriolano, Dom Guido Zendron, Bispo Deocesano de Paulo Afonso.

Também participaram da solenidade os vereadores Marquinhos do Hospital, Aroldo e Osildo Alves, o representante da ADESG, Professor Fernando, ex-combatentes e familiares dos militares. Todos se mostravam muito emocionados pelo que a sua escolha significa, pois, como destacou o Major Angrizani, “num contingente de mais de 200 militares apenas esse oito foram escolhidos”, mas demonstravam total confiança no seu preparo.

Ao final da solenidade os militares foram cumprimentados pelas autoridades e o Bispo D. Guido dirigiu a eles uma palavra informal de ânimo “o que D. Guido pode fazer é dizer que estaremos colocando vocês em nossas orações e que a sua missão seja um sucesso”.

Da Redação ChicoSabeTudo
Fonte: Folha Sertaneja

Sobre nós

Falar um pouco sobre o Chico

Ultimos posts

Copyright © 2022 Portal ChicoSabeTudo. Todos os direitos reservados.