Bancários realizam assembleia quarta-feira para decidir fim da greve

A greve nacional dos bancários, que já dura doze dias, pode estar perto de terminar. As negociações com os bancos avançaram e uma nova assembleia está marcada para acontecer nesta quarta-feira (13) na qual serão apresentadas as propostas das empresas aos bancários.
Segundo o presidente do Sindicato dos Bancários em Alagoas, Edmundo Saldanha, que é integrante do comando nacional de greve e participou da rodada de negociações em São Paulo, as propostas até agora apresentadas são favoráveis aos bancários.
Na tarde desta segunda-feira (11), os bancários irão ouvir as propostas da Caixa Econômica, do Banco do Brasil e Banco do Nordeste. Todas elas serão apresentadas na próxima assembleia da categoria.
No último sábado, bancários e Federação tiveram uma rodada de negociações em São Paulo e elevaram a proposta inicial de reajuste – de 4,29% (que contemplava apenas a inflação) – para 6,5%. A proposta, porém, tem particularidades como escalonamento de reajuste para quem ganha mais de R$ 4.100 e reajuste de 9,8% no piso da categoria (hoje em R$ 1.074).
Por enquanto, a greve está mantida nas agências do Banco Real/Santander, Caixa Econômica, Banco do Brasil, HSBC e Banco do Nordeste.
Os clientes devem procurar os terminais de auto atendimento para efetuar pagamentos, saques e outros serviços. Saques de FGTS e seguro desemprego podem ser realizados nas agências da Caixa e do BB com o Cartão Cidadão. Nas agências, apenas o gerente geral e um funcionário estarão disponíveis para tirar dúvidas.
Os bancários deflagraram greve no último dia 29 de agosto e pedem reajuste de 11%, além de aumento na Participação nos Lucros e Resultados (PLP), contratações de novos funcionários, maior segurança no trabalho, valorização do piso da categoria e fim do assédio moral durante o expediente.
Fonte: Tudo na Hora

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × dois =

Veja também