Policial Civil é assassinado a tiros pistola no interior de Alagoas

O policial civil Petrúcio Santana, 53, foi assassinado com tiros de pistola ponto 40, 380 e nove milímetros. O crime aconteceu na Rua Coronel Alcântara, Centro, em frente ao bar e restaurante do Adriano na cidade de Flexeiras, distante 65 km de Maceió.
Petrúcio, que era lotado na Delegacia de Joaquim Gomes e morava em Flexeiras, estava passando pela rua no seu veículo, um Gol de cor preta, placa MVK 8348-Maceió, quando parou para falar com um amigo. Ao descer e cumprimentar o amigo, ele recebeu os primeiros tiros. Três homens que estavam em um pálio de cor vermelha – placa não anotada – desceram dispararam os tiros, em seguida entraram no carro, saíram por outra rua, voltaram e dispararam outros tiros, todos à queima-roupa.
Segundo informações iniciais os tiros finais foram dados com a pistola do próprio policial, que estava na cintura dele.
Os motivos do crime ainda são desconhecidos. Amigos do policial estiveram no local para acompanhar os trabalhos do Instituto de Criminalistica. Agentes da Delegacia de Joaquim Gomes realizaram os primeiros levantamentos.
O corpo da vítima foi encaminhado para o Intituto Médico Legal Estácio de Lima, onde será submetido à necropsia e posteriormente será liberado para sepultamento

Fonte:Alagoas24horas / com Alberto Lima

Comentários