Policia prende quadrilha que vendia drogas em shows de Axé

Três fornecedores de drogas para usuários do meio artístico e frequentadores de shows, em Salvador, foram presos nesta quarta-feira (18/08) por investigadores do Denarc (Departamento de Narcóticos) com quase meio quilo de maconha.

Jorge Silva Brito, que concilia a atividade criminosa e a venda de shows da Axé Music, e os comparsas Rômulo de Souza Oliveira e Nílson Borges de Souza Neto, irmão de Jorge, estão custodiados no Complexo Policial dos Barris, na capital baiana.

Segundo o delegado Cleandro Pimenta, diretor do Denarc, investigadores daquela unidade especializada chegaram até Jorge, Rômulo e Nilson, capturados na Barra Boca do Rio e em Jaúa, respectivamente, a partir da prisão de Gustavo Reguera Conde Filho, 31 anos, em 14 de julho. Ele é apontado como um os maiores fornecedores de drogas em bairros nobres de Salvador.

No imóvel de Reguera, localizado em Ondina, os policiais apreenderam 3,4 quilos de maconha e 2,5 quilos de cocaína, além de quatro balanças de precisão. De acordo com o delegado Pimenta, a quadrilha integrada por Gustavo Reguera e os três traficante capturados ontem, vendia maconha e cocaína a usuários de classes média e alta, principalmente em bairros como Ondina, Barra, Graça, Vitória e Rio Vermelho.

Ascom/PC

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis − cinco =

Veja também

SSP-BA desarticula quadrilha que matou delegado

Policiais da Coordenadoria de Operações Especiais (COE) da Polícia Civil prenderam na manhã desta quarta-feira (18/08), nos Barris, em Salvador, o delegado José Nélis Araújo, plantonista da 2ª Delegacia