Ato heróico de PMs salva a vida de três pessoas em incêndio

Por pouco não aconteceu uma tragédia, na tarde desta terça-feira (10/08), em um apartamento localizado na Rua João Evangelista, bairro Tanque da Nação, próximo a entrada do Conjunto Feira IV em Feira de Santana. O local foi parcialmente destruído, por um incêndio de grandes proporções.

O foco do incêndio foi descoberto por Policiais Militares da viatura “Lobo 28”, da 64ª Companhia Independente (64ª CIPM), sob o comando do Soldado Menezes e o apoio dos soldados Rodrigues e Soares, que faziam ronda pelo bairro. O soldado Menezes ao avistar a fumaça se dirigiu ao local e acionou o corpo de bombeiros.

Em meio às chamas estavam duas crianças e uma empregada doméstica que foram salvas pelos Militares. “A primeira coisa que pensei foi em retirar as pessoas que gritavam por socorro, por pouco eles não se feriram gravemente ou até morreram queimados”, relatou um PM. Alguns móveis e eletros domesticam foram destruídos pelas chamas, bem como as paredes e o teto.
Maria Antônia Silva Souza, proprietária do apartamento disse que ela estava trabalhando e deixou as duas netas em casa. Segundo ela uma das crianças pegou uma caixa de fósforos e pós fogo em um urso de pelúcia, mas de acordo com o Capitão Moreira do Corpo de Bombeiros o incêndio pode ter sido causado por um curto circuito iniciado na tomada do computador, devido à sobrecarga de equipamentos na rede elétrica por meio de um T.

O fogo começou em um dos quartos e se alastrou por mais dois cômodos da residência. O capitão alerta as pessoas devem redobrar os cuidados em casa evitando o uso de Ts, porque eles podem causar sobrecarga e curto circuito na fiação.

Informações do www.correiofeirense.com.br

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze + 11 =

Veja também

Autoridades defendem toque de recolher

O delegado-geral da Polícia Civil, Joselito Bispo, e o secretário da Segurança Pública, César Nunes, encontram viabilidade na proposta do toque de recolher para menores de idade em Salvador.