Após comprar o Cruzeiro, Ronaldo Fenômeno pode ser preso; saiba motivo

Ronaldo Fenômeno comprou o Cruzeiro por R$ 400 milhões.

O ex-jogador e atual dono do Cruzeiro, Ronaldo Fenômeno está sendo acusado na Justiça por não pagar a pensão alimentícia do filho de 16 anos. A denúncia está sendo feita pela esteticista Michele Umezu, mãe de um dos filhos do ex-jogador. Eles tiveram um relacionamento em 2004.

Segundo a coluna  Em Off, a ex de Ronaldo diz que o craque deixou de pagar a pensão do filho desde dezembro de 2021. Em março deste ano, completam três meses de atraso.

A profissional, inclusive, disse já ter protocolado um pedido de prisão contra o ex-jogador na Justiça, caso não regularize a pensão alimentícia.  

“Ele não paga desde dezembro. Nós já entramos com a ação de execução no fórum da Barra. O que a Michele acha que aconteceu é que o Alex não quis passar o Natal com o Ronaldo, agora em dezembro, e em represália ele não pagou dezembro, janeiro e fevereiro”, revelou.

Em dezembro de 2021, Ronaldo Fenômeno revelou a compra de 90% das ações do Cruzeiro por meio da Sociedade Anônima do Futebol (SAF). O negócio foi fechado por cerca de R$ 400 milhões.

Comentários