Tite diz que não vai visitar Bolsonaro em caso de conquista de hexa na Copa do Mundo  

O técnico da seleção brasileira masculina de futebol, Tite, já declarou que não pretende fazer nenhuma visita ao Planalto, em Brasília, caso o time conquiste o hexa campeonato mundial.

Em novembro de 2022, Jair Bolsonaro (sem partido) estará em seus últimos dias de mandato. Segundo o portal GE, Tite não quer que seu nome seja associado a nenhum partido político e nem eleitoral. Ainda de acordo com a publicação, o treinador deixou claro que a sua decisão é “inegociável”.

Recentemente, o filho de Bolsonaro, Flávio Bolsonaro, disse que Tite era ”hipócrita e puxa-saco” do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Comentários