“Não sei mais o que tenho que fazer para que comecem a me respeitar”, diz Neymar

Brazil's foward Neymar Jr. celebrates after scoring against Colombia during their international friendly football match between Brazil and Colombia at Hard Rock Stadium in Miami, Florida, on September 6, 2019. (Photo by RHONA WISE / AFP) (Photo credit should read RHONA WISE/AFP/Getty Images)

O craque Neymar fez um desabafo, após se tornar o artilheiro em eliminatórias sul-americanas nesta quinta-feira, 9, ao marcar um gol na vitória por 2 a 0 sobre o Peru.

“Estou muito contente, muito feliz, com a ajuda de meus companheiros. Mas não sei mais o que eu tenho que fazer com essa camisa pra galera começar a respeitar o Neymar”, disse o astro do PSG visivelmente incomodado após o jogo disputado em Recife.

Ao ser perguntado sobre esse incômodo, ‘Ney’ garantiu que as críticas são de “todo tipo” e vêm “há muito tempo”.

“É algo de vocês, repórteres, comentaristas e outros também. Às vezes nem gosto mais de falar em entrevistas, mas em momentos importantes venho dar meu parecer”, acrescentou.

Antes do superclássico com a Argentina no domingo em São Paulo, suspenso por uma suposta violação de protocolos anticovid por parte de quatro jogadores argentinos, Neymar foi criticado na imprensa e nas redes sociais por supostamente estar acima do peso, o que foi negado pelo jogador e pela comissão técnica da Seleção.

Antes de manifestar seu desconforto, o camisa 10 do Brasil se disse feliz quando questionado sobre o gol que marcou contra o Peru, que o tornou o brasileiro com mais gols em eliminatórias sul-americanas, com 12, um a mais que Romário e Zico.

“O coletivo é o mais importante, Mas ao mesmo tempo fico contente de ser o goleador máximo de eliminatórias, maior assistente com a camisa da seleção e logo, se Deus quiser, será uma honra passar o Pelé”, acrescentou

‘O Rei’, com 77 gols, tem o status de artilheiro da seleção verde-amarela. Até esta quinta-feira, quando foi ultrapassado pelo argentino Lionel Messi, esse era o maior recorde de gols de um sul-americano com sua seleção.

Neymar mandou uma mensagem de incentivo a Pelé, internado em São Paulo após ter sido operado no sábado para a retirada de um tumor no cólon.

“Pelé, espero que você se recupere logo para continuar acompanhando a seleção brasileira (…) Você é um guerreiro. Força, está em minhas orações”, afirmou ele

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − 3 =