Tite convoca Seleção Brasileira para jogos das eliminatórias da Copa do Mundo 2022

Tite -Créditos: Redes sociais

Na manhã desta sexta-feira (13), o técnico Tite convocou os 25 jogadores que defenderão a seleção brasileira nos próximos três jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, em setembro.

No dia 2, o Brasil enfrenta o Chile, em Santiago. No dia 5, faz clássico a Argentina, na Neo Química Arena, em São Paulo. Por último, no dia 9, enfrenta o Peru, na Arena Pernambuco, no Recife.

Uma das novidades da lista é a presença do lateral-direito Daniel Alves, de 38 anos, que não defende a Seleção desde outubro de 2019. Além dele, outros cinco campeões olímpicos foram convocados: Guilherme Arana, Bruno Guimarães, Claudinho, Matheus Cunha e Richarlison.

Outra cara nova chamada por Tite é Raphinha, atacante do Leeds, convocado pela primeira vez, assim como Claudinho.

Veja a relação de jogadores convocados:

  • Goleiros: Alisson (Liverpool), Ederson (Manchester City) e Weverton (Palmeiras);
  • Zagueiros: Thiago Silva (Chelsea), Marquinhos (PSG), Éder Militão (Real Madrid), Lucas Veríssimo (Benfica);
  • Laterais: Danilo (Juventus), Alex Sandro (Juventus), Guilherme Arana (Atlético-MG), e Daniel Alves (São Paulo);
  • Meio-campistas: Bruno Guimarães (Lyon), Casemiro (Real Madrid), Fabinho (Liverpool), Fred (Manchester United), Claudinho (Zenit), Éverton Ribeiro (Flamengo), Lucas Paquetá (Lyon);
  • Atacantes: Neymar (PSG), Firmino (Liverpool), Matheus Cunha (Hertha Berlin), Raphinha (Leeds), Gabriel Jesus (Manchester City), Richarlison (Everton), Gabigol (Flamengo).

O grupo se apresenta a partir de 29 de agosto em São Paulo, viaja para Santiago dia 1º de setembro e faz três jogos em oito dias. Esta data Fifa foi ampliada para a realização de partidas da 6ª rodada, que estavam previstas para março deste ano, mas foram adiadas por conta da pandemia de coronavírus.

Os jogadores convocados por Tite desfalcarão seus clubes na 19ª rodada do Brasileirão, na partida de volta das quartas de final da Copa do Brasil, possivelmente, também no duelo de ida das semifinais. Porém, o coordenador da Seleção, Juninho Paulista, afirmou que a CBF readequará o calendário para que as equipes não sejam prejudicadas.

Esta será a primeira vez que o grupo canarinho se reunirá depois do vice-campeonato da Copa América, no mês passado. O chefe da delegação brasileira nestas rodadas será Antônio Américo, presidente da Federação Maranhense de Futebol.

O Brasil é líder das Eliminatórias, com 100% de aproveitamento: seis vitórias em seis jogos.

 

Tite -Créditos: Redes sociais

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove − seis =