Olimpíadas: Camas de papelão para evitar sexo? Medida é um pouco mais nobre na Vila Olímpica 

Camas de papelão das Olimpíadas de Tóquio -Créditos: Redes sociais

Na manhã desta sexta-feira (16), viralizou uma notícia de que as camas da Vila Olímpica de Tóquio foram feitas de papelão para evitar que os atletas fizessem sexo. Porém, a escolha pelo material em nada tem a ver com relações sexuais ou pandemia, mas sim com sustentabilidade.

Tóquio-2020 tem o objetivo de ser a Olimpíada mais ecológica de todos os tempos. Esse é o motivo para a escolha pelo material reciclável da cama. O respeito à natureza vai além e será visto até nas medalhas das premiações, que foram feitas de celulares reciclados e terão molduras também de papelão. 

Embora o material seja aparentemente “frágil”, a Airweave, fabricante das camas, garantiu que elas são resistentes e suportam até 200 kg.

Apesar da recomendação de evitar aglomerações e contatos sem máscara dentro da Vila Olímpica por causa da pandemia de Covid-19, o comitê organizador da Tóquio-2020 está distribuindo camisinhas para os atletas hospedados na Vila. A distribuição de preservativos para atletas durante os Jogos Olímpicos é comum. Na Olimpíada da Rio-2016, empresas do setor afirmaram ter distribuído cerca de 450 mil preservativos durante o evento. 

 

Olimpíadas de Tóquio -Créditos: Redes sociais

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × três =