Em jogo movimentado, Bahia empata com o Red Bull Bragantino pela segunda rodada do Brasileiro

O Bahia perdeu a chance de iniciar o Brasileiro triunfando nos dois primeiros jogos. O time comandado por Dado Cavalcanti chegou a abrir 2 a 0, fora de casa, contra o Red Bull Bragantino, mas não conseguiu manter o ritmo e cedeu o empate. A partida terminou empatada em 3 a 3.

Os gols do Tricolor foram marcados por Gilberto, ainda na primeira etapa, e Jonas no final do segundo tempo. Arthur, Lucas Cândido e Cuello balançaram as redes para o time da casa.

Com o resultado, o time baiano ocupa, momentaneamente, a segunda posição com 4 pontos. O próximo compromisso do time será pela partida de volta da Copa do Brasil, contra o Vila Nova.

O JOGO

Logo no primeiro minuto de jogo, Artur abriu o placar com um chute da entrada da área, mas o VAR chamou o árbitro e o gol foi anulado.

A resposta do Bahia veio em grande estilo. Aos 15 minutos, o aniversariante Gilberto recebeu cruzamento dentro da área e mandou de cabeça para o fundo das redes.

Três minutos depois, Gilberto recebeu um lançamento, avançou em velocidade pela ponta esquerda e bateu cruzado para fazer um golaço.

Aos 21, Artur diminuiu o placas. O atacante pateu no canto de Mateus Claus, que “deu mole” mais uma vez.

No fim da primeira etapa, Pedrinho tentou de letra, mas não tocou na bola e desperdiçou uma grande chance.

Segundo tempo

Logo no começo da segunda etapa, Artur cobrou o escanteio com precisão, e Luan Cândido mandou, de cabeça, para o fundo das redes.

Aos 21, Cuello avançou pela direita e cruzou para a área. A Zaga do Bahia não conseguiu afastar o perigo e, por pouco, Bragantino não conseguiu a virada.

No minuto seguinte, Cuello marcou um golaço. O meia recebeu a bola na ponta esquerda, cortou Rossi e bateu colocado de direita para marcar a virada do Bragantino.

Aos 30, Artur recebeu a bola com liberdade, passou por Matheus Bahia, mas se desequilibra na hora de finalizar.

Aos 40, Jonas recebeu a bola na intermediária de ataque do Bahia, com liberdade, bateu forte com a perna direita no canto do goleiro Julio César para empatar a partida.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × cinco =