‘É uma tapa na cara dos brasileiros’, diz Luís Roberto sobre Copa América no Brasil 

O narrador esportivo Luís Roberto criticou, nesta segunda-feira (31), a escolha do Brasil como país-sede da Copa América. O jornalista disse que a competição é “fora de hora” e que não terá relevância das edições anteriores.

‘Isso é uma vergonha. O boladão hoje vai chegar com tudo. Essa Copa América fora de hora, que já não deveria ser realizada. Claro, a pandemia interrompeu várias competições mundo a fora, e obviamente que neste momento, com o calendário todo estrangulado no Brasil, a Copa América é só mais um torneio caça-níquel, sem nenhuma expressão nesse momento”, disse o narrador.

Além de desfalcar os times, de amontoar o calendário, um mês de Copa América… Já seria ridícula a realização dela em condições normais, aí vem a notícia, depois da desistência de vários países irmãos, que não têm condições por conta da pandemia, e no país que tem a pandemia descontrolada, que levou nove meses para responder à carta da Pfizer, respondeu em dez minutos que ‘vamos fazer a Copa América’. Abertura em Brasília, jogos em Natal, Pernambuco, final com público. É inaceitável! A sociedade brasileira, a coletividade do futebol e do esporte, nós não podemos aceitar essa decisão”, acrescentou o jornalista.

Que se realize, que faça o que bem entenderem, que os negacionistas façam caravanas à Brasília, para ter público na grande final. Momento apoteótico dessa porcaria dessa competição! É uma vergonha! É um tapa na cara dos brasileiros.”, finalizou Luís Roberto. 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − 3 =