Zidane diz que Marcelo precisará ser mesário, mas o confirma em decisão contra o Chelsea

O jogador brasileiro Marcelo foi convocado para ser mesário nas eleições para a Assembleia de Madri, na Espanha, marcada para a próxima terça-feira, mesmo dia em que o time viaja para Londres, uma vez que o confronto está programado para quarta.

Por causa disso, o Real Madrid corria o risco de ficar sem o lateral-esquerdo no jogo decisivo contra o Chelsea, na semana que vem, em Londres, pela rodada de volta das semifinais da Liga dos Campeões da Europa.

Nesta sexta-feira, mesmo após uma negociação frustrada do departamento jurídico do Real Madrid de convencer a Mesa Eleitoral de que o lateral-esquerdo brasileiro deveria ser dispensado, o técnico francês Zinedine Zidane confirmou que Marcelo estará em campo no estádio Stamford Bridge, em Londres, na quarta. “É o que é. Ele vai cumprir suas obrigações, mas na quarta-feira estará conosco”, resumiu.

A participação de Marcelo na partida é tratada com muita importância, uma vez que o francês Mendy, titular do time, está machucado e pode não se recuperar a tempo para o segundo confronto contra o Chelsea. Além disso, o elenco conta com a ausência do zagueiro e capitão Sergio Ramos, que também trabalha para estar apto para a segunda semifinal contra os ingleses.

Titular e capitão no empate por 1 a 1 com o Chelsea, na última terça-feira, em Madri, Marcelo atuou apenas pela segunda vez na atual edição da Liga dos Campeões.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × dois =