Bahia anuncia afastamento de Ramírez após denúncia de racismo

Ramirez/crédito: redes sociais

O Bahia anunciou na madrugada de hoje (21) o afastamento do meia-atacante Juan ‘Indio’ Ramírez após a denúncia de racismo feita pelo volante Gerson, do Flamengo. As duas equipes se enfrentaram ontem (20), no Maracanã, em jogo vencido pelo rubro-negro por 4 a 3. A denúncia foi feita após o jogo, quando Gerson relatou que havia ouvido do colombiano a seguinte frase: “Cala a boca, negro”.

O jogador flamenguista também reclamou da postura do técnico Mano Menezes, que teria atribuído o caso à “malandragem” de Gerson. Após o jogo, o Bahia emitiu uma nota comunicando a demissão do treinador, mas não especificou se o caso de racismo teve a ver com a decisão.

Já no comunicado da madrugada, o Bahia anunciou a suspensão do atleta e disse que “a voz da vítima seja preponderante em casos desta natureza”. “O atleta Indio Ramírez nega veementemente a acusação e a ele está sendo dada a oportunidade de se defender de algo tão grave. O clube entende, porém, que é indispensável, imprescindível e fundamental que a voz da vítima seja preponderante em casos desta natureza. Assim, decidiu afastar imediatamente o jogador das atividades da equipe até a conclusão da apuração. O presidente Guilherme Bellintani ligou para Gerson a fim de prestar solidariedade”, declarou o clube.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis + 9 =