Salgueiro leva primeiro título para o interior de PE

Pela primeira vez na história, o Campeonato Pernambucano tem um dono do interior. O Salgueiro derrotou o Santa Cruz nos pênaltis e levou a taça de forma inédita. Aliás, desde 1944, quando o América-PE venceu seu sexto – e último – Estadual, um time fora do trio de gigantes do Recife não levantava a taça. Até o Carcará decidir fazer história nesta quarta-feira.

Por conta disso, o técnico português Daniel Neri ressaltou a força do Salgueiro na conquista do título desta quarta-feira, sobre o Tricolor, nos pênaltis. Uma luta “desleal”.

“É um sentimento muito de preenchimento. Muita entrega. É uma luta desleal. É uma luta muito grande. Sabíamos que tínhamos que trabalhar mais e melhor para sonhar. Não era pra conquistar, pra sonhar. E conquistamos. Tenho orgulho enorme nesse trabalho que fizemos”, afirmou o técnico, mantendo expressão sisuda da escola portuguesa.

As primeiras palavras de Daniel Neri na entrevista à TV Globo, no entanto, foram direcionadas aos rivais. Ele pediu desculpas publicamente ao técnico Itamar Schulle por um desentendimento no primeiro jogo – após o treinador coral fazer mudança de última hora na escalação.

“Primeira palavra quero dar para o professor do Santa. Que tive um rolo de um jogo para outro, por causa de uma troca de relação. Meu pedido de desculpas por algumas palavras que eu falei mais forte. Depois dar parabéns para o time do Santa que é muito bom.”

Na sequência, os parabéns foram para o próprio time, ressaltando a torcida.

– Parabéns à torcida, ao clube, e aos nossos jogadores, comissão, diretoria, torcida, à cidade de Salgueiro que apoiou muito. Cidade de 60 mil habitantes em um estado de 10 milhões, que consegue ter um time que é campeão estadual. É algo especial.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove + catorze =