Amanda Nunes comemora vitória sobre Valentina Shevchenko

A baiana Amanda Nunes manteve o cinturão do peso galo feminino ao vencer Valentina Shevchenko, do Quirguistão, no último sábado (9), pelo UFC 215, no Canadá, em decisão dividida dos jurados. O duelo era para ter acontecido no UFC 213, mas foi cancelado depois de Amanda passar mal. A Leoa falou das dificuldades e comemorou o triunfo.

“Como eu disse antes, eu sabia tudo o que a Valentina traria essa noite. Eu fui à academia e me garanti que estaria afiada. Queria que ela estivesse cansada, não eu. Eu ia lutar até o final. Desculpem a todos os fãs por não ter lutado na última luta. Eu queria estar 100%. Tomei muitos antibióticos para estar aqui e lutar hoje pra vocês”, disse Amanda, após a luta.

No entanto, Valentina não ficou nada satisfeita com o resultado dos juízes e pediu uma revanche.

“Eu não entendo porque a vitória foi para o lado dela. Ela não acertou um soco, não acertou nada significante. Olhem o rosto dela, olhem o nariz dela, está vermelho por causa dos meus socos. Não entendo, ela não venceu. Eu com certeza vou vencer a próxima, quero muito uma revanche porque estou completamente em desacordo com esta decisão”, bradou.

Com o resultado, Amanda Nunes chegou ao décimo triunfo na divisão pelo-galo do UFC e está invicta há seis combates. Essa é a sequência mais longa em atividade na divisão.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − 12 =

Veja também