Dono de melhor ataque como mandante, Bahia recebe o Botafogo hoje

A campanha dentro de casa ainda não está entre as melhores da Série A (atualmente o Bahia é o 10º  melhor mandante com 17 pontos em 10 jogos), mas o torcedor tricolor que vai neste domingo (27) à Fonte Nova, contra o Botafogo, às 16h, já se acostumou a comemorar pelo menos um gol em cada jogo. A exceção foi na derrota para o Flamengo por 1×0.

O Bahia é o time que mais balançou as redes como mandante: 20 vezes, à frente do Corinthians com 19, Sport com 18 e Fluminense, que marcou 17 gols. O tricolor jogou dez partidas em Salvador, com média de dois gols por jogo. Fluminense e Corinthians abriram a 22ª rodada no sábado (26) e foram derrotados em casa por 1×0, respectivamente contra Vasco, no Maracanã, e Atlético Goianiense, no Itaquerão. Incluindo essas partidas, Flu e Timão jogaram 12 vezes como mandante, e o Sport 11.

Apesar dos bons números, o técnico interino Preto Casagrande acredita que o Bahia ainda tem a melhorar no ataque. “Sobre a parte ofensiva, acho que a gente precisa ter o discernimento sobre quando deve atacar com velocidade e quando deve ter a posse de bola. A transição ofensiva a gente faz muito bem, mas acho que esse período de treino vai ajudar a aperfeiçoar a segunda questão”, analisa.

Em casa, o Bahia venceu cinco jogos, empatou dois e perdeu três, aproveitamento de 56,7%. Foram nove jogos na Fonte Nova e um em Pituaçu, no empate por 1×1 com o Avaí. O atacante Mendoza e o meia Régis são os artilheiros da equipe em Salvador. Cada um marcou três gols. Edigar Junio, João Paulo, Vinícius, Renê Júnior e Tiago marcaram dois cada. Os outros que balançaram a rede foram Rodrigão, Edson, Zé Rafael e Ferrareis.
   
Para manter a boa média de gols e melhorar o desempenho como mandante, Preto acredita no apoio da torcida neste domingo e espera que o recorde de público do clube na atual Série A, de 33.186 pagantes na derrota por 4×2 para o Palmeiras, dia 18 de junho, seja batido. “O histórico do Bahia é jogar bem dentro de casa, então tenho certeza que vamos bater o recorde de público nosso para conseguir o triunfo”, disse, confiante. 

Preto também ressaltou as dificuldades que o time vai enfrentar diante do Botafogo. “Eles devem vir um pouco mais agressivos. Tem a volta do Pimpão, que é fundamental no esquema deles. Vamos tentar neutralizar as partes boas deles. Tentar manter a posse de bola, propor um pouco mais o jogo”, explicou.

Vencer o Botafogo significa aumentar as chances de terminar a rodada entre os dez primeiros colocados e se aproximar da zona de classificação para a Libertadores, que engloba até a sexta posição. “Como todo jogo do Brasileiro, ele é decisivo. A gente vê exemplos de times como Sport e Atlético Paranaense, que ganharam três partidas e foram para a zona da Libertadores. Eu tenho tentado passar para os jogadores que o importante é pensar no jogo a jogo. Estar sempre pontuando para se manter na parte de cima”.

Com 26 pontos e em 13º lugar (ultrapassado pelo Vasco no sábado), o Bahia está três pontos acima do São Paulo, que abre a zona de rebaixamento, e quatro abaixo do Cruzeiro, que fecha a zona de classificação à Copa Libertadores.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − quatro =

Veja também