Diretoria tricolor analisa possível efetivação de Preto Casagrande

O triunfo do Bahia sobre o São Paulo, na Fonte Nova, pode ter sido o início de uma nova história de amor entre Preto Casagrande e a torcida do Bahia. 

Técnico interino desde a saída de Jorginho, o ex-jogador nunca escondeu a felicidade com a primeira chance em treinar o clube. Os bons resultados podem fazer com que Preto siga por mais tempo no comando da equipe. 

Apesar de desconversar sobre uma possível efetivação, a diretoria do Esquadrão também não descarta a permanência do ídolo, mas garante que tudo está sendo feito com calma para que as coisas aconteçam da melhor forma.

“Estamos analisando o mercado com muita calma, muito critério para ver qual a melhor alternativa. Enquanto isso Preto segue como interino, conhece bem o grupo, tem um relacionamento bom, e a gente pode analisar com calma”, disse o vice-presidente do Bahia, Pedro Henriques, em conversa com o CORREIO. 

“Preto é um profissional da casa, já dava os treinos, tem uma relação boa com os atletas. A gente fica feliz porque seja agora, ou no futuro, ele tem demonstrado a capacidade dele de estar na beira do campo. Mas estamos analisando ainda o mercado”, continuou o dirigente.

Com Preto no comando, o Bahia conquistou um empate (diante da Chape, na Arena Condá) e um triunfo contra o São Paulo, quebrando uma sequência de cinco partidas sem vitórias como mandante.
 
Sem contato
Um dos nomes especulados para assumir o comando técnico do Bahia, Eduardo Baptista – que esse treinou Palmeiras e Atlético-PR -, disse em conversa ao CORREIO que não foi procurado pelos dirigentes do Esquadrão.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × quatro =

Veja também