Caso Victor Ramos: jornal revela e-mails em que a CBF orienta o Vitória

Mais um capítulo da novela envolvendo o zagueiro Victor Ramos foi ao “ar” nesta quinta-feira (8). O jornal o Estado de São Paulo revelou e-mails trocados entre  Reynaldo Buzzoni, e o chefe de Registros e Contratos do Vitória, Edson Vilas Boas, em que o dirigente da CBF oriente o Rubro-negro a proceder com os trâmites necessários para a transferência do defensor.

O Internacional entende que o atleta atuou de forma irregular e por entrou com uma ação no Superior Tribunal de Justiça Desportiva. Caso a corte aceite a tese, o Leão seria punido com perda de pontos e seria rebaixada para a Série B, salvando assim o time gaúcho. Victor jogou no Alviverde na temporada passada, cedido por empréstimo pelo Monterrey. Após o término de seu vínculo com o clube paulista, ele assinou com o Rubro-negro baiano. Porém, o procedimento tradicional seria o retorno do ITC (Certificado Internacional de Transferência, na sigla em inglês) para o México para depois gerar um novo empréstimo para um clube brasileiro.  No entanto, como a janela de transferências do país da América Central já havia fechada, o zagueiro foi registrado pelo Leão sem antes passar pelo detentor dos seus direitos econômicos. Isso fez com que a transação fosse considerada nacional e não internacional.

Na época, a Federação Bahiana de Futebol (FBF) questionou a CBF sobre a situação do atleta e recebeu o aval para registrá-lo. “Primeiro, o Palmeiras e o clube mexicano deve (sic) dar uma conclusão ao TMS #106697, sobre o empréstimo do atleta ao Palmeiras. Após isso, será necessário o retorno do empréstimo para o México e um novo pedido de empréstimo para o Vitória. Mesmo para outro clube do país, é necessário o retorno do ITC para o México para depois gerar um novo empréstimo para o clube brasileiro”, escreveu Buzzoni a Vilas Boas.

Em outra mensagem, o dirigente da CBF alerta para o período de transferências. O funcionário do Vitória responde que a janela “já está fechada”.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis − 5 =