Empresário revela negociação do Botafogo por Marinho; Vitória promete dificultar acordo

Destaque do Vitória na temporada, o atacante Marinho é alvo de cobiça de algumas equipes para 2017 e um dos interessados já se manifestou. Em entrevista ao Globo Esporte, o empresário do jogador, Jorge Machado, confirmou que está no Rio de Janeiro conversando com o Botafogo, que pode ser o destino de Marinho na próxima temporada. O atacante também está na capital carioca, mas para tirar o visto americano. Ele vai visitar os Estados Unidos durante as férias. 

O que pode pesar contra o clube carioca é o fato do jogador ter contrato longo com o Leão, que possui parte dos direitos econômicos do atacante de 26 anos. A multa rescisória gira em torno de cinco milhões de euros (R$ 17,6 milhões), mas para Jorge Machado, o valor não deve ser um grande problema.

"Estamos conversando. Isso (multa) a gente coloca mais como proteção ao investimento. Hoje no Brasil devem ter uns 15 clubes interessados nele, o que é verdade. Mas é momento de ter muita calma para fazer o que é o melhor para o atleta. O Marinho tem tranquilidade e recíproca da confiança, está com a gente desde os 14 anos. Mas respeitamos muito o Vitória e vamos esperar para ver como vai ser", afirmou ele. Ainda segundo Machado, outros clubes do Brasil e do exterior demonstraram interesse no jogador. 

Em nota, o Vitória afirmou que está tranquilo em relação ao assédio do Botafogo. Marinho chegou ao Vitória em janeiro deste ano por empréstimo do Cruzeiro depois de ser destaque com a camisa do Ceará. Após o bom desempenho, ele teve 50% direitos adquiridos pelo rubro-negro e assinou contrato até 2018. O restante do passe é dividido entre o Cruzeiro (30%) e a empresa JMB (20%). Confira a nota do Vitória na íntegra: 

"O Marinho tem contrato conosco até 31 de dezembro de 2018, e o valor da multa de rescisão é bem razoável para nós, pois leva em conta todo o investimento que fizemos para tê-lo aqui. Não recebemos nenhuma sondagem até agora. Quem quiser o Marinho, precisará sentar com o Vitória e negociar. Nossa relação com o atleta sempre foi muito transparente, assim como é com seus representantes e com o Cruzeiro, nosso parceiro nos direitos do jogador.

Contratado pelo clube rubro-negro por empréstimo junto ao Cruzeiro em janeiro deste ano, Marinho assinou vínculo inicial até dezembro deste ano. As boas atuações já no primeiro semestre fizeram com que a diretoria do Vitória se movimentasse e, em junho, acertasse a contratação em definitivo do atacante, que estendeu seu compromisso com a equipe baiana por mais dois anos. Atualmente, os direitos econômicos do atleta são divididos entre Vitória (50%), Cruzeiro (30%) e JMB, empresa que agencia o jogador (20%).

Ele vive um bom momento, mas destaco que todos os atletas de nosso grupo são importantes. Temos outros nomes também, como Kieza, Willian Farias e Fernando Miguel. Ele é um atleta de muita qualidade, participei da negociação de empréstimo com o Cruzeiro e depois da contratação em definitivo. Em sua chegada, deixamos claro para ele que a meta era que mantivesse atuações em alto nível durante a temporada toda, e é isso que está acontecendo. É fruto do trabalho do clube e do atleta". 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 + nove =