Na pressão: com mudanças, Vitória joga suas fichas contra o Fluminense

O Vitória tem nesta sexta-feira (28) mais uma partida decisiva pelo Campeonato Brasileiro. Às 18h30 (horário de Salvador), o Leão enfrenta o Fluminense, no Maracanã, com a corda no pescoço. Nessa última quinta-feira, o Sport fez o seu dever de casa contra a Ponte Preta, abriu cinco pontos de vantagem em relação ao Vitória, e deixou ainda mais preocupação para o técnico Argel Fucks. O rubro negro deve apostar todas suas fichas contra o time carioca, principalmente porque seu outro adversário direto, o Internacional, enfrenta o Santa Cruz no Beira Rio. 

Sem outra saída a não ser mexer na equipe, o treinador vai optar por três volantes (Amaral, Willian Farias e Marcelo), além da entrada de Diego Renan improvisado na direita; Diogo Mateus vai para o banco de reservas. Marinho, recuperado de lesão, será o batedor oficial de pênaltis da equipe, após tantos desperdícios nos últimos jogos.

Em coletiva, Argel falou sobre as mudanças e das oportunidades que tem dado a todos os atletas.

“Quando o time não vem ganhando, você precisa mudar. E a gente tem dado oportunidades a todos os jogadores. Nós temos colocado o Serginho em algum momento. Demos a oportunidade dele começar o jogo contra o Cruzeiro. Demos oportunidades a Cárdenas, Tiago Real… Na defesa, demos oportunidades ao Ramon, ao Victor Ramos, Kanu… Então, qualquer modificação que a gente faz na equipe, é a performance que vai manter ele no time ou não. Então a gente dá oportunidade. Não é novidade nenhuma o Diego Renan jogar na lateral direita. Ele não está improvisado. O Diego Renan joga tanto na direita quanto na esquerda. Ele é destro”, disse.

Provável escalação: Fernando Miguel; Diego Renan, Kanu, Victor Ramos e Euller; Amaral, Willian Farias, Marcelo e Cárdenas; Marinho e Kieza.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − 9 =