Vitória dá show de lambanças e perde para a Ponte Preta em Campinas

O Vitória protagonizou um verdadeiro show de horrores na noite desta quinta-feira (13). Com falhas desastrosas do sistema defensivo, o Rubro-negro foi derrotado pela Ponte Preta, em Campinas, por 2 a 0.

As lambanças da zaga mantida da Série B começaram com Diego Renan, que deum um contra-ataque de graça que terminou com gol de Rhayner. Mas, o pior ainda estava por vim. Num lance de “baba”, Fernando Miguel tentou cortar uma bola, chutou Ramon e deixou a redonda de graça para Wendel fazer o segundo.

Com o resultado, o Leão não só perdeu mais uma chance de se distanciar da zona de rebaixamento como ficou em situação ainda mais complicada na Série A. O time baiano agora se vê obrigado a vencer o Sport fora de casa, no próximo domingo (16), para não voltar ao Z-4 a apenas seis jogos do fim do campeonato.

O JOGO

Com o campo encharcado, Vitória e Ponte Preta tiveram dificuldades de trocar passes e criar jogadas. Mas, o time baiano ainda tratou de ajudar o adversário com um show de lambanças.

A primeira aconteceu aos 23 minutos do primeiro tempo. Diego Renan errou passe infantil e deu contra-ataque de graça ao adversário. A bola chegou até Rhayner, que pedalou sobre Diogo Mateus, na área, e chutou no canto de Fernando Miguel para fazer o primeiro.

Já aos 36, foi a vez de Fernando Miguel e Ramon protagonizarem um lance baba da pior qualidade. Em bola recuada, o zagueiro e o goleiro se chutaram e a bola sobrou para Wendel, que não tomou conhecimento e empurrou para as redes para fazer o segundo.

Com o resultado e a atuação desastrosa na primeira etapa, o técnico Argel Fucks foi obrigado a mudar o time. Ele voltou para o segundo tempo com David no lugar de Tiago Real.

Porém, parecia que nada mudaria. Logo aos cinco minutos, Kanu levou um chapéu de Reinaldo, que invadiu a área, tentou o chute, e desta vez Fernando Miguel fez a defesa.

Argel, no decorrer dos 45 minutos finais, ainda colocou Vander e Serginho nos lugares de Zé Love e Cárdenas, respectivamente, mas não houve jeito de impedir a derrota.

Ponte Preta 2 x 0 Vitória
Campeonato Brasileiro Série A – 30ª rodada

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data e Horário: 13/10/2016, às 19h30
Arbitragem: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ/Asp.Fifa), assistido por Luiz Claudio Regazone (RJ/Asp.Fifa) e Dibert Pedrosa Moisés (RJ)
Cartões amarelos: Clayson, Fábio Ferreira, JoãoVitor  (PON); Kieza, Willian Farias (VIT)
Gols: Rhayner, Wendel (PON)

Ponte Preta
Aranha; Nino Paraíba, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Reinaldo; João Vitor, Wendel e Maycon; Rhayner, Clayson e Roger. Técnico: Eduardo Baptista.

Vitória
Fernando Miguel; Diogo Mateus, Kanu, Ramon e Diego Renan; Willian Farias, Marcelo, Tiago Real (David) e Cárdenas (Serginho); Zé Love (Vander) e Kieza. Técnico: Argel Fucks.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + sete =