Bahia perde para o Londrina e vê distância para o G-4 aumentar

Segue a sina no Bahia de não vencer fora de casa. Com apenas dois triunfos longe de Salvador em toda a Série B, o Tricolor foi até o Estádio do Café enfrentar o Londrina, nesta terça-feira (4), e amargou mais uma derrota, desta vez por 1 a 0.

Com o resultado, o time baiano começou a se complicar na briga pelo acesso. Com seus 43 pontos, o Esquadrão caiu para a oitava colocação, ficou a três pontos do G-4, mas pode ver a distância aumentar ainda mais até o final da rodada.

Os comandados de Guto Ferreira voltam a campo no próximo domingo (9), diante do Tupi (MG), na Arena Fonte Nova.

O JOGO

O jogo começou e o Bahia foi logo surpreendido. Aos sete minutos, Zé Rafael levantou bola na área, Anderson desviou de cabeça e balançou as redes de Muriel.

O único lance de perigo do Tricolor na primeira etapa foi aos 17 minutos. Cajá cruzou bola área, Hernane desviou sozinho, mas no meio do gol e facilitou a defesa de Marcelo Rangel.

Mas, o time baiano escapou de tomar mais gols. Aos 26 minutos, Fillipe Soutto aproveitou rebote na entrada da área e chutou por cobertura. Muriel se esticou e desviou para evitar.

O goleiro ainda salvou mais um aos 30. Após saída de bola errada de Juninho, Jô aproveitou e chutou de longe. O arqueiro defendeu em dois tempos.

No segundo tempo, Guto Ferreira fez as alterações na equipe e colocou Renê Júnior, Régis e Vitor Rangel nos lugares de Juninho, Edigar Junio e Misael, respectivamente.

O tricolor até melhorou, passou a pressionar, mas não foi eficiente e perdeu mais uma partida fora de casa.

Londrina 1 x 0 Bahia
Brasileirão Série B – 29ª rodada

Local: Estádio do Café, em Londrina (PR)
Data e horário: 04/10/2016, às 19h15
Arbitragem: Antônio Dib Moraes de Sousa, auxiliado por Rogério de Oliveira Braga e Francisco Nurisman Machado Gaspar, todos do Piauí
Cartões amarelos: Fillipe Soutto (LON); Luiz Antônio, Régis, Juninho e Misael (BAH)
Gols: Anderson (LON)

Londrina
Marcelo Rangel; Lucas Ramon, Everton Sena, Marcondes e Léo; Germano, Fillipe Soutto, Anderson e Zé Rafael; Jô e Keirrison. Técnico: Cláudio Tencati.

Bahia
Muriel; Eduardo, Tiago, Jackson e Moisés; Luiz Antônio, Juninho e Renato Cajá; Misael, Edigar Junio e Hernane. Técnico: Guto Ferreira.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × dois =