STF rejeita queixa-crime de Dunga contra acusações de Romário

Na última terça-feira (30), o Supremo Tribunal Federal rejeitou uma queixa-crime formulada por Dunga contra o senador Romário (PSB-RJ), por conta de uma entrevista ao jornal Gazzetta Dello Sport, onde o ex-jogador acusou o ex-técnico da Seleção Brasileira de favorecer empresários em suas convocações da equipe canarinho.

Dunga acusou o Baixinho de injúria e difamação, mas a Primeira Turma do STF entendeu que as declarações ocorreram no âmbito da atividade parlamentar do Senador, que está coberto por imunidade constitucional.

O relator do caso foi o ministro Marco Aurélio Mello, e seu voto foi acompanhado por Edson Fachin, Rosa Weber e Luís Roberto Barroso.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 3 =