Técnico do Bahia fala sobre a importância da intertemporada para a recuperação de Edigar Junio

O próximo compromisso do Bahia em campo será no dia 16 de agosto, quando enfrentará o Atlético-GO, pela 19ª rodada do torneio. Enquanto isso, o Tricolor está aproveitando esse grande período para treinar e buscar se reestabelecer na Série B do Campeonato Brasileiro.

Em entrevista coletiva, o técnico do Bahia, Guto Ferreira, falou sobre a importância dessa fase de preparação e recondicionamento, principalmente para o atacante tricolor Edigar Junio que se recupera de alguns lesões sofridas nos últimos jogos.

“Edigar é um cara que tem características importantes, mas não é com duas semanas de retorno após quase dois meses. Tem uma sequência. Ele não esteve dois meses machucado, mas ele teve uma parada grande, uma volta pequena e outra parada grande, então acaba ficando na conta quase dois meses. Não é com duas semanas que ele vai voltar a ser o Edigar que estava em alta quando machucou pela primeira vez. Na sequência sim. Na sequência ele pode chegar. Nesse momento é importante sim [o retorno], mas ele pode não estar já no primeiro momento dando resposta exatamente como a gente espera. Mas a gente tem que acreditar e tem que trabalhar para que ele possa o mais rápido possível chegar no estágio que a gente espera”, projetou, em entrevista coletiva.

Com 24 pontos, o Bahia encontra-se na 13ª posição do Campeonato Brasileiro da Série B.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito + 10 =