Especialistas afirmam que atletas vão ‘nadar em meio a fezes’ no mar do Rio de Janeiro

As águas do Rio de Janeiro seguem como um dos maiores pontos de preocupação para a saúde dos atletas nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016. Em matéria veiculada pelo jornal norte-americano New York Times, especialistas garantem que os competidores que atuarem na Baía de Guanabara estarão literalmente ‘nadando em meio a fezes humanas’ e com grande risco de pegar doenças.

“Os atletas vão literalmente nadar em meio a fezes humanas e correm o risco de pegar doenças a partir destes microrganismos. É triste, mas também preocupante”, afirmou o pediatra Daniel Becker em entrevista ao periódico. Ainda de acordo com a publicação, a situação da água esta pior do que na ocasião dos testes realizados no início de 2016.

Análises preliminares identificaram agentes infecciosos que vão desde um rotavírus que pode causar diarreia a uma super bactéria bastante resistente a medicamentos e que pode ser fatal para aqueles que apresentem sistema imunológico enfraquecido. 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 3 =