José Aldo recupera cinturão para o Brasil e manda recado para McGregor

O Brasil não passou mais de 48 horas sem cinturão do UFC. Depois de Rafael dos Anjos perder o título dos leves (70kg) para Eddie Alvarez na última quinta e deixar o país sem campeões no maior evento de MMA do momento, há pouco foi a vez de José Aldo conquistar o cinturão interino dos penas (66kg).

Os brasileiros que até pouco tempo atrás dominavam a maioria dos títulos do UFC ainda podem ganhar mais uma cinta nesta noite. Logo mais, Amanda Nunes enfrentará a campeã peso-galo (61kg) Miesha Tate para fechar o histórico UFC 200. 

Aldo e Edgard lutaram por 25 minutos e o brasileiro venceu por pontos. O americano tinha sido derrotado por Aldo em 2013 também depois de cinco rounds na decisão dos jurados. No fim da luta, Aldo chamou o irlandês Conor McGregor, campeão dos penas e seu arquirrival, de "merda"e prometeu que irá derrotá-lo um dia.

McGregor derrotou Aldo no ano passado com um soco para tomar dele o título dos penas. O irlandês ouviu as provocações de Aldo bem de perto do octógono. Ele travaria uma revanche hoje contra Nate Diaz mas aca

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 3 =