Dunga elogia atuação dos “jogadores olímpicos” nos trabalhos para Copa América

Os jogadores com idade olímpica convocados para a Copa América Centenário passaram no primeiro teste do técnico Dunga. Dos sete presentes na lista do treinador, quatro foram testados na vitória sobre o Panamá, no último domingo, em Denver, nos Estados Unidos: Douglas Santos, Fabinho, Rodrigo Caio e Gabriel.

Mesmo contra um adversário frágil, que praticamente não incomodou o Brasil, todos foram bem. “Terminamos o jogo com quatro jogadores chamados olímpicos em campo. E o time continuou criando situações de gol e pressionando”, disse o técnico. Rodrigo Caio substituiu Renato Augusto como volante, protegendo a zaga e saindo com passes precisos; o lateral-esquerdo Douglas Santos agradou por ter chegado ao ataque; Fabinho não comprometeu ao entrar na direita, no lugar de Daniel Alves; e Gabriel, autor do segundo gol, foi o mais elogiado.

Para Douglas Santos, a estreia no time principal foi uma forma de reviver as dificuldades do passado. “Na hora do Hino Nacional, passou um filme bom da minha infância e de todas dificuldades que vivi até chegar até aqui. Acho que tive uma boa atuação”, disse o lateral-esquerdo do Atlético Mineiro.

Embora tenha ido bem, Douglas Santos deve perder o lugar para Filipe Luis, que chegou nesta segunda-feira à concentração da seleção brasileira após perder a final da Liga dos Campeões da Europa pelo Atlético de Madrid. Casemiro, do campeão Real Madrid, também se apresentou.

Risco de corte

Do grupo de olímpicos que não atuou no último domingo, apenas Marquinhos estava disponível. O goleiro Ederson e o meia Rafinha, com problemas musculares, correm inclusive risco de corte. Dunga deve decidir nesta terça-feira se permanecem ou não no grupo. Se Ederson for cortado, a opção é Marcelo Grohe, do Grêmio.

No caso de Rafinha, o substituto pode ser Wallace ou Luan, ambos do Grêmio, Paulo Henrique Ganso, do São Paulo, e até Gabriel Jesus. Se tiver o problema do visto americano resolvido nesta terça-feira, como promete o Palmeiras, voltará a ser considerado pelo treinador.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − 5 =